News

AHK Portugal

Mercedes-Benz investe 20 mil milhões de euros em células de bateria

21.12.18 AHK-Mitgliedernews

A Daimler está a investir mais de dez mil milhões de euros numa rede global de fábricas de baterias inserida na sua rede de produção mundial. Esta será constituída no futuro por oito fábricas em três continentes. A fábrica de Kamenz já se encontra a produzir enquanto uma segunda fábrica nesta mesma localidade irá iniciar a produção no início de 2019. Serão construídas mais duas fábricas em Stuttgart-Untertürkheim, uma nas instalações de Sindelfingen, e mais uma em cada uma das regiões de Beijing (China), Bangkok (Tailândia) e Tuscaloosa (EUA). A produção local de baterias é um fator importante de sucesso na ofensiva elétrica da Mercedes-Benz Cars e é decisiva para cumprir a procura global por veículos elétricos.

As competências para a avaliação tecnológica das células bem como as atividades de pesquisa e desenvolvimento serão alargadas consistentemente, e incluem a otimização contínua da atual geração de sistemas de iões de lítio, o desenvolvimento adicional das células adquiridas no mercado mundial e a pesquisa da próxima geração dos designados sistemas pós-iões de lítio.

Até 2022, todo o portfólio da Mercedes-Benz será eletrificado com várias versões em todos os segmentos. No total, existirão mais de 130 variantes, desde modelos com sistema elétrico de 48 V ao EQ Boost e modelos híbridos plug-in, e mais de dez veículos totalmente elétricos movidos a bateria ou células de combustível. Até 2025, as vendas de veículos elétricos deverão aumentar para 15-25 porcento do total de vendas – em função das preferências individuais dos clientes e do desenvolvimento da infraestrutura pública.

 

Fonte: Mercedes