News

AHK Portugal

Morais Leitão lidera «Legal 500» de 2019

17.04.19 AHK-Mitgliedernews

A Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados [Morais Leitão] foi consagrada líder no ranking Legal 500 – Europe, Middle East and Africa – de 2019, com distinção de Top Tier Firm em 17 áreas de atividade e reconhecimento da Morais Leitão Legal Circle e das suas parcerias em Angola [ALC Advogados] e Moçambique [HRA Advogados].

A presença multijurisdicional e a identidade de sociedade full-service transpareceram, em especial, neste ranking.

Com 15 dos advogados considerados Leading Lawyers: Luís Branco em Banking and Finance e Projects and Project Finance; Carlos Osório de Castro em Capital Markets, Nuno Galvão Teles e Carlos Osório de Castro em Commercial, Corporate e M&A; António Pinto Leite e Francisco Cortez em Dispute Resolution; Carlos Botelho Moniz e Joaquim Vieira Peres em EU and Competition; Luís Miguel Monteiro em Employment; Rui Patrício em Fraud and White-Collar Crime; João Pereira Reis em Planning Law; Margarida Olazabal Cabral em Public Law; João Torroaes Valente em Real Estate and Construction, Francisco Sousa da Câmara e António Lobo Xavier em Tax  e novamente Nuno Galvão Teles em Energy and Natural Resources.

Do escritório do Porto, António Lobo Xavier, Carlos Osório de Castro e o recém-chegado João Anacoreta Correia foram também distinguidos como Leading Lawyers.

Quanto às novas gerações de advogados da Morais Leitão, sete foram apontados pelo Legal 500 como Next Generation Lawyers: Eduardo Paulino em Capital Markets; Inês Gouveia e Pedro de Gouveia e Melo em EU and Competition; Catarina Brito Ferreira em Energy and Natural Resources; Tiago Geraldo em Fraud and White-Collar Crime; Rui Ribeiro Lima em Planning Law e Filipa Morais Alçada em Projects and Project Finance.

O ranking Legal 500 é fundamentado em resultados de pesquisa e auscultação profunda, assim como nos méritos próprios de cada sociedade, estando em constante expansão. No total, 47 dos advogados da Morais Leitão mereceram menção no Legal 500 deste ano.

 

Fonte: Morais Leitão