News

AHK Portugal

Nova estratégica comercial no Grupo Lufthansa

08.07.15 AHK-Mitgliedernews

O Grupo Lufthansa desenhou uma nova estratégia comercial a dois eixos, que assenta na oferta de uma panóplia de serviços personalizados e diferenciados, de modo a aumentar a sua rentabilidade. O Grupo, constituído pelas companhias Lufthansa, Austrian Airlines, Brussels Airlines e Swiss, visa atingir um EBIT (resultados antes de juros e impostos) superior a 1,5 milhões de euros.

Desta forma, um dos eixos estratégicos passa por estas companhias oferecerem “os seus serviços numa base mais flexível e modular com opções de preço personalizadas e de serviços suplementares”. A partir do verão de 2015, haverá o novo conceito de preços de “Economy Class” para rotas europeias, permitindo aos passageiros escolherem os serviços que pretendem com as novas três branded fares, pagando assim apenas o que usarem e consumirem.

Por outro lado, a estratégia comercial do Grupo inclui uma diferenciação de custos nos vários canais de vendas. “Atualmente, os custos por usar os sistemas globais de distribuição (GDS) são bastante mais elevados do que outros métodos de reserva no portal online do Grupo”. Entre os vários serviços GDS, destacam-se as plataformas de reservas, que oferecem muitos serviços adicionais; a opção de combinar e reservar bilhetes de avião em todo o mundo e de diversas companhias de aviação; efetuar reservas integradas e processar faturação. A partir de 1 de Setembro deste ano, “as companhias aéreas do Grupo Lufthansa irão incluir uma taxa de custos de distribuição, a ‘Distribution Cost Charge’ (DCC), por cada bilhete emitido por um canal de reservas usando um GDS”.

 

Fonte: Publituris